Funcionários do Hospital Regional de Sinop se reúnem com vereadores

Colaboradores estão com salários atrasados desde o mês de agosto.

 

 

Funcionários do Hospital Regional de Sinop se reuniram na manhã desta quinta-feira (28) com vereadores da Câmara Municipal com o intuito de buscar apoio dos parlamentares para que o pagamento dos colaboradores seja posto em dia.

 

De acordo com a enfermeira responsável técnico da unidade, Francislaine de Almeida, os funcionários estão com salário atrasado em referência ao mês de agosto, que deveria ser pago até o quinto dia útil de setembro. “Até agora o governo não efetuou o pagamento dos salários e caminhamos para fechar 60 dias sem recebimento, uma vez que setembro já está no final e o pagamento deste mês deveria ser efetuado até a próxima semana, mas de acordo com essa situação caótica que vivenciamos, é possível, infelizmente, que o salário do mês de setembro também não seja pago dentro do prazo”, afirma a enfermeira.

 

A falta dos salários tem gerado transtornos graves aos colaboradores do hospital. “Funcionários estão com fornecimento de energia e água suspensos, outros sendo despejados devido ao não pagamento de aluguel residencial. Muitos não tem mais como manter o meio de transporte pra ir trabalhar. Algumas pessoa ainda têm um arrimo de reforço, mas a maioria não. Temos colaboradores já com problemas de alimentação em casa”, expõe Francislaine.

 

Segundo a enfermeira, atualmente o hospital funciona com 35% da capacidade de leito ativo, mas não há, por enquanto, paralisação de mão de obra. “Estamos com 100% da mão de obra efetiva trabalhando na unidade. Esperamos contar com o apoio dos vereadores junto aos deputados e governo do estado para que os repasses sejam feitos ao hospital para que a unidade volte a funcionar de maneira sadia e que possamos honrar nossos compromissos com nossos colaboradores”, defende a responsável técnico do Hospital Regional.

 

O presidente da Câmara, Ademir Bortoli (PMDB), reforçou que desde janeiro, os vereadores têm cobrado o governo do estado com relação às pastas prioritárias, que são Saúde e Educação. “Já fomos a Cuiabá cobrar uma atitude mais enérgica de deputados para resolver este descaso com a Saúde em Sinop e em todo Mato Grosso e continuamos nesta cobrança. O governo precisa acordar para essa situação. São vidas que estão sendo afetadas diretamente com esta situação caótica”, declara o vereador.

 

Estiveram presentes na reunião, além do presidente da Casa, os vereadores Leonardo Visera (PP), Professora Branca (PR), Billy Dal Bosco (PR), Maria José da Saúde (PMDB), Tony Lennon (PMDB), Joacir Testa (PDT) e Ícaro Francio Severo (PSDB). 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Últimas Notícias
Please reload

124-1245658_inscreva-se-youtube-focolhe-
Banner Denuncie.jpg

 

©2017 - 2020 - Portal Sinop Urgente

Todos os direitos reservados

sinopurgente@hotmail.com

fernandoitamir@hotmail.com

Fernando Itamir - (66) 99223-1700