Representantes da Seduc e da PM discutem a implantação de escolas militares dirigidas pelo CBM

 

O Comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar, Coronel BM Alessandro Borges, recebeu nesta quarta-feira (25/10) o Coronel PM Marcos Roberto Gonçalves, coordenador do projeto Anjos da Escola, da Secretaria de Educação de Mato Grosso. A reunião tratou da implantação de escolas militares dirigidas pelo Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso, nos moldes das escolas militares já existentes dirigidas pela Polícia Militar.

 

A Escola Militar Dom Pedro II já foi criada pela Lei Nº 8.171 (22 de julho de 2004), mas não foi efetivada. Ela integrará o Sistema de Ensino Estadual e seu funcionamento será regulado pelo Conselho Estadual de Educação, assim como a Escola Tiradentes, dirigida pela PM. “A proposta apresentada na reunião desta quarta é buscar parcerias com os municípios interessados em implantar escolas militares, agregando-as ao sistema educacional da Seduc”, afirmou o Coronel PM Marcos Roberto Gonçalves.

 

A partir de agora um estudo técnico vai avaliar a possibilidade técnica da implantação da Escola Dom Pedro II nos municípios que demonstrarem interesse. É necessário que os municípios apresentem em contrapartida a infraestrutura com a construção do prédio ou adequação do espaço em que a escola será implantada.

 

A Escola Estadual Dom Pedro II do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso irá oferecer ensino fundamental e médio a alunos de ambos os sexos, para filhos e dependentes legais de militares do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Mato Grosso, bem como à sociedade em geral. Segundo o texto da lei a escola vai “desenvolver nos alunos o sentimento de amor à pátria, a sadia mentalidade de disciplina consciente, o culto às tradições nacionais, regionais e o respeito aos direitos humanos” e ainda “despertar vocações para a carreira bombeiro-militar”.

 

“Pretendemos assinar o termo de cooperação técnica com a Seduc na comemoração do Dia do Patrono do Corpo de Bombeiros, a ser comemorada com solenidade militar no dia 1º de dezembro”, destacou o Comandante-geral, Coronel BM Alessandro Borges. “Os professores das escolas militares são da Rede Estadual de Educação, o diferencial está na direção e coordenação que será realizada pelo CBM”, detalha Célia Leite, Assessora Técnica do projeto Anjos da Escola, que combate a evasão e a violência no ambiente escolar.

 

 

Tags:

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Últimas Notícias
Please reload

124-1245658_inscreva-se-youtube-focolhe-
Banner Denuncie.jpg

 

©2017 - 2020 - Portal Sinop Urgente

Todos os direitos reservados

sinopurgente@hotmail.com

fernandoitamir@hotmail.com

Fernando Itamir - (66) 99223-1700