Rota do Oeste reforça a vereadores que continuação de obras depende da liberação de recursos

 

Vereadores da Câmara Municipal de Sinop se reuniram na tarde desta terça-feira (31) com o diretor de Engenharia da Rota do Oeste, Diogo Santiago e o gerente de comunicação e marketing da Concessionária, Roberto Madureira. A pedido do vereador Dilmair Callegaro (PSDB), os representantes da empresa expuseram aos parlamentares números de arrecadação, investimento, projeções futuras e esclareceram dúvidas referentes aos fatores que travam a continuação das obras de duplicação da BR 163.

 

De acordo com Roberto Madureira, a manutenção da rodovia no trecho sob concessão está em dia. O problema se encontra nos grandes investimentos, que estão parados desde 2016. “As obras não avançam porque demandam investimento maior, o qual viria por meio de financiamento do BNDES, como foi acordado no começo da concessão em 2013. Esse financiamento não saiu conforme o combinado e o governo já fazendo uma medida pra mitiga essa questão, essa linha de financiamento que foi tirada do mercado, lançou a Medida Provisória 800/2017”, reforça Madureira.

 

A medida flexibiliza as condições para a reprogramação de investimentos, ampliando de cinco para até 14 anos o prazo para as concessionárias realizarem as obras previstas nos contratos de concessão, a exemplo da duplicação de trechos de rodovias.

 

A arrecadação da Rota do Oeste nas nove praças de pedágio no estado gira em torno de R$ 1 milhão por dia. Segundo o representante da empresa, 100% deste recurso é investido nos pontos críticos da BR 163, sob concessão.

 

De acordo com o contrato, para Sinop, está prevista a implantação de seis passarelas, quatro novos viadutos, adequações de marginal e a readequação do viaduto já existente. “A implantação de uma passarela, que ficará no bairro Alto Glória, está prevista para começar ainda este ano. E para dar continuação às obras de duplicação, precisamos da liberação dos recursos, o que esperamos que aconteça o mais breve possível”, acrescenta Madureira.

Para o vereador Dilmair Callegaro, a reunião esclareceu pontos relacionados à execução contratual e a situação atual da empresa, principalmente no que diz respeito à travessia urbana de Sinop. “Tínhamos uma visão diferente do que nos foi apresentado aqui hoje. Claro, que alguns questionamentos permanecem, mas agora temos um parâmetro mais claro e sincero das pessoas que aqui tiveram sobre a execução contratual, arrecadação, investimentos e principalmente sobre a travessia urbana de Sinop, com destaque para a passarela que deverá começar a ser construída ainda em 2017”, finaliza o vereador.

 

Participaram da reunião o presidente da Câmara, Ademir Bortoli (PMDB) e os vereadores Billy Dal Bosco (PR), Leonardo Visera (PP), Dilmair Callegaro (PSDB), Adenilson Rocha (PSDB), Luciano Chitolina (PSDB), Hedvaldo Costa (PR) e Professora Branca (PR). 

 

 

 

Tags:

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Últimas Notícias
Please reload

124-1245658_inscreva-se-youtube-focolhe-
Banner Denuncie.jpg

 

©2017 - 2020 - Portal Sinop Urgente

Todos os direitos reservados

sinopurgente@hotmail.com

fernandoitamir@hotmail.com

Fernando Itamir - (66) 99223-1700