CRISE DO CORONAVÍRUS: 40% De bares e restaurantes não devem reabrir em Cuiabá

18/05/2020

O setor já demitiu 10 mil funcionários e pressiona para voltar a funcionar na Capital.

 

Cerca de 40% dos bares e restaurantes em Cuiabá não conseguirão reabrir as portas após a pandemia. A informação é da presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Mato Grosso (Abrasel-MT), Lorena Bezerra, que aponta que 10 mil pessoas já foram demitidas no setor. “Entre eles estão garçons, músicos, fornecedores, pequenos produtores, também, que não tem renda e depende exclusivamente dos restaurantes”, lamentou.

 

Bezerra explica que apenas com a modalidade delivery, eles não estão conseguindo lucrar e suprir os custos fixos que o comércio precisa para se manter e continuar funcionando. 

 

Segundo ela, mais de metade dos 20 mil estabelecimentos não devem retomar as atividades, já que 80% do seguimento são de pequenos empreendedores que faturam aproximadamente R$ 30 mil por mês. 

 

Com isso, a entidade desenvolveu um plano de biossegurança para o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), na tentativa de negociar a reabertura das categorias. Contudo, o diálogo segue a um ritmo lento.

 

A representante crítica o fato da prefeitura ter reaberto o Restaurante Popular e não ter liberado os demais, mesmo seguindo rigorosamente a carta de segurança.

 

“O que nos deixa muito abismado, é que exatamente o restaurante da prefeitura liberou o atendimento com as restrições sugeridas pela Abrasel e os próprios restaurantes não podem voltar exatamente com essas restrições”, questionou.

 

No último dia 9,  Emanuel  editou um novo decreto liberando as atividades de prestação de serviços, contudo, deixou bares, academias, shoppings, clubes e similares, de fora. Apesar de alegar estar com o “coração partido” pela decisão, o gestor justifica que a medida pode trazer impactos catastróficos. 

 

“Fico de coração partido com os restaurantes e bares, que manipula alimentos, pratos, objetos, talheres, cadeiras, mesas. São características que ainda representam perigo a população”, alegou Pinheiro.

Tags:

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Últimas Notícias
Please reload

124-1245658_inscreva-se-youtube-focolhe-
Banner Denuncie.jpg

 

©2017 - 2020 - Portal Sinop Urgente

Todos os direitos reservados

sinopurgente@hotmail.com

fernandoitamir@hotmail.com

Fernando Itamir - (66) 99223-1700